Leya dá segunda vida à Teorema

A Teorema foi recuperada pelo grupo Leya e pretende ser a casa do “novo, diferente e interessante”, uma chancela com “um toque de vanguarda” e com obras de qualidade que se apresentem um “bocadinho fora do baralho”.

Numa apresentação à imprensa, o director-coordenador de edições gerais da Leya, João Amaral, adiantou igualmente que ao leme da renascida Teorema estarão as editoras Maria do Rosário Pedreira (para os autores portugueses e latinos) e Carmen Serrano (para os romances de estreia anglo-saxónicos).

Conforme revela o Público, até Setembro serão lançados 7 títulos, três dos quais portugueses: «O Intrínseco de Manolo», de João Rebocho Pais; «Sandokan e Bakunine», de Bruno Margo; e «A despedida de José Alemparte», de Paulo Bandeira Faria.

 

Quer passar a receber os artigos da Ave Rara no seu e-mail? É simples, inscreva-se na newsletter, no lado direito desta página.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: