Queer Lisboa: Melhor Longa Metragem para «Rosa Morena»

Trailer de «Rosa Morena»

«Rosa Morena», de Carlos Oliveira, venceu o prémio para Melhor Longa Metragem da 15ª edição do Queer Lisboa – Festival de Cinema Gay e Lésbico de Lisboa.

Rodado nas favelas da cidade brasileira de São Paulo, o filme equaciona os limites a que um homem está a ceder pela sua vontade de ser pai.

O filme «Mi último Round», Julio Jorquera, foi igualmente distinguido, com o a galardão de Melhor Actor a ser atribuído ao chileno Roberto Farias, enquanto que o prémio de Melhor Actriz foi para Corinna Harfouch, que protagoniza o filme «Auf der Such», de Jan Kurger.

Na secção competitiva para os Documentários, o vencedor foi «I Am», em que o realizador indiano Sonali Guli retrata uma crónica de viagem de uma realizadora lésbica que regressa à Índia, um país onde até há pouco tempo ser gay era uma ofensa criminal, onze anos depois, e se confronta com a perda da sua mãe, a quem nunca se assumiu.

Finalmente, o prémio para Melhor Curta Metragem, decidido por votação do público, coube a «Eu Não Quero Voltar Sozinho», de Daniel Ribeiro.

De acordo com a organização, ao longo dos nove dias do certame, o festival recebeu oito mil espectadores.

 

Quer passar a receber os artigos da Ave Rara no seu e-mail? É simples, inscreva-se na newsletter, no lado direito desta página.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: