Berlim: rede de metro recebe 9ª edição de festival de curtas-metragens

O Metropolitano de Berlim tem patente a 9ª edição do Going Underground, um festival de curtas-metragens que exibe filmes de todos os cantos do mundo através dos monitores do metro.

O 9º Going Underground, que começou no passado dia 22 de Setembro e que decorre até 4 de Outubro, exibe 26 curtas metragens, provenientes de dez países, como por exemplo Irão, Argentina, Inglaterra, Estados Unidos da América e Coreia do Sul.

Conforme revela Fred Kuhaupt, criador do festival, “no primeiro festival tivemos 100 filmes inscritos. Neste ano foram 605 de mais de 52 países. O engraçado é que mais de metade dos filmes foram feitos exclusivamente para o festival”.

E fazer o filme exclusivamente para o Going Underground tem algumas limitações: os filmes têm de ser mudos ou funcionar sem som, não podem exceder os 90 segundos de duração e, como a exibição é para um público amplo, cenas de sexo e violências estão proibidas.

A grande novidades desta edição é que o festival vai estende-se, pela primeira vez, para fora de Berlim… e da Alemanha. Nesta nona edição, o Going Underground chega a Seul, capital da Coreia do Sul.

E os números do certame são elucidativos: 3.800 monitores do metro berlinense, exibem as 26 curtas metragens que deverão ser vistas por mais de 1,5 milhões de pessoas; enquanto que os 6.000 monitores de Seul levarão as curtas a mais 2,7 milhões de espectadores.

 

Quer passar a receber os artigos da Ave Rara no seu e-mail? É simples, inscreva-se na newsletter, no lado direito desta página.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: